SMILE
”Vire a página. Dê um ponto final nas coisas que te fazem mal. A vida é um círculo, não um quadrado. Tenha pressa de ser feliz, por que nós não sabemos quanto tempo nos resta.”

Ama a tus padres. Estamos tan ocupados creciendo, que a menudo olvidamos que también ellos están envejeciendo.

Anónimo (via elcielosobremi)
por mim ja pode acabar essa semana, esse mês e ir logo pra dezembro.
Like this post

Vim, por meio deste texto, comunicar um fato que aconteceu comigo semana passada, mais precisamente no domingo, onde foi um dos dias mais gratificantes da minha vida.
Tenho 15 anos, sou filha única, e, por isso, sempre tive o que queria desde criança, não que sejamos ricos ou de classe alta, mas sim, por ser filha única e não ter gastos com outras crianças, não me importava quando minha mãe pegava uma boneca ou algum brinquedo velho e doava, pois sabia que ganharia outro futuramente e ainda mais bonito, e também não me preocupava pra onde o brinquedo iria ou pra quem estava recebendo ele, e isso sempre aconteceu, até hoje, quando tenho alguma roupa que não uso mais, mas que esteja em bom estado, minha mãe doa a alguém; mas neste domingo foi diferente.
Neste domingo, eu mesma quis ir doar. Meus parentes haviam comentado que um casal com uma filhinha se mudara aqui para o bairro onde moro e que eles precisavam de vestimentas, utensílios domésticos, coisas para casa etc, eles eram simples, vieram pra cá com quase nada, por isso todos estavam doando e ajudando. Então, meu pai comentara que iria lá doar algumas coisas que minha mãe havia separado a eles e eu quis ir junto, pois queria conhecer essa tal família, então fomos, meu pai, eu e minhas duas priminhas, uma de 6 e uma de 4 anos, elas, como falaram que o casal tinha uma menininha de dois anos, levaram um brinquedo que não usavam mais, era um brinquedo simples, uma casinha que dava pra encaixar umas pecinhas nada demais, então fomos.
Quando chegamos lá, o pai da criança e ela vieram nos receber, a menina, que comentei acima, tinha dois aninhos, parecia um anjinho, linda demais, olhos verdes e cabelo enroladinho e louros. Entregamos uns utensílios, algumas roupas e, só faltava o brinquedinho que minhas primas haviam levado. Mandei a minha priminha entregar o brinquedo a menina, que desde que chegamos estava olhando o tal brinquedo com uma cara de “quero pegar”, então, ela o entregou, e quando a menininha pegou aquela casinha com pecinhas, ela deu um sorriso tão lindo, tão sincero, que, quando vi aquilo, deu vontade de pegar aquela criança no colo e levar pra casa. Ela ficou tão feliz ao ganhar aquilo que me fez pensar que, todas as vezes que doei um brinquedo na infância, pra mim, poderia não mudar nada, mas que a criança que o recebera, poderia ter ficado tão contente quanto como aquela menina ficou.
E com isso, cheguei à conclusão de que quero continuar a ajudar as pessoas, ou os animais que sofrem com humanos medíocres que não possuem sentimento algum, decidi que quero deixar uma marca, ser lembrada por alguém, por um ato bom que fiz, que pra mim pode não ser nada demais, mas pra quem o recebe muda muito, li em um livro que não vale a pena ser lembrado, pois um dia viraremos pó, como tudo começou, mas, enquanto não viramos, ser lembrado por algo bom que fez é uma dádiva, não digo ser lembrada pelo mundo, ser famosa, mas sim, ser lembrada por aquela pessoa a quem ajudei, que ela se lembre que eu fiz diferença na vida dela.
Fiz esse texto com a intenção de mostrar que às vezes, quando se tem demais, doar um pouco, pode não fazer falta pra você, mas que pra quem recebe mudará bastante. Então, quem estiver lendo esse texto, coloque a mão na consciência e pense um pouquinho: O que fiz de bom hoje? Ajudei alguém? Ou apenas pensei em mim? Será que aquela pessoa que vi que precisava de ajuda e a ignorei continua precisando?
Fiz essas perguntas a mim mesmo e decidi ajudar, nem que seja um pouquinho, não custa tirar um tempinho pra fazer o bem, a alegria no rosto da pessoa que recebe é tão gratificante que, com aquele agradecimento, você vê que não é só mais um peso no mundo, que você está fazendo o bem, ajudando alguém que precise. Então, vamos cada um fazer sua parte, ajudar alguém, nem que seja doar uma refeição a algum morador de rua, ou ajudar uma senhora a atravessar a rua, pequenos gestos fazem sim, muita diferença pra quem os recebe. Tomara que quando você vires alguém precisando de ajuda, você se lembre deste texto e ajude essa pessoa, vai fazer muita diferença, e a emoção que você vai sentir em fazer alguém contente, pode acreditar, é uma das melhores sensações do mundo. Doe, e descubra você mesmo e depois me diga se não estou falando a verdade.

Nathalia Zakrzeski

Like this post

Um sorriso alegre alimenta a alma de qualquer um. 

Like this post

Organizar, ser, estar.. Pensar que tudo se baseia em criar coragem de tentar novamente ser alguém que você ja esqueceu quem é.

Like this post

Lambe Lambe da 802 :) (em Rio maina)

THEME